No Workshop Brasileiro de Métodos Ágeis (WBMA’17) foi apresentado o paper “ASA: Agile Self-Assessment Method” escrito em conjunto com o Doutorando Fernando Sambinelli e o Prof. Dr. Marcos A. F. Borges.

A pesquisa tem como objetivo auxiliar praticantes de Ágil durante a Transformação Ágil.

agora segue uma breve descrição do evento e sobre a experiencia e de acordo com as palavras de Matheus Florêncio.

“Bom, o evento foi bem bacana. Participei de palestras que falavam sobre Escala em Ágil e Transformação Digital, dois temas muito abordados atualmente na indústria.

Ao final do evento houve uma palestra com a Linda Cook, Key Note. Ela é Agile Coach em organizações, SCRUM Master certificada e possuí mais de 20 anos de experiência com TI. Foi discutido a importância de voltar aos princípios ágeis, pregados no Manifesto Ágil, ao invés de prender a modelos e Frameworks

Um dos ativos mais importantes para quem participou do evento foi o networking com pessoas de todo o Brasil que trabalham desde em grandes indústrias de TI a Startups.

Por fim.. para quem ficou depois do evento na cidade pode apreciar a diversa culinária de Belém. Com diferentes tipos de peixe, ervas diversas extraídas da floresta e a famosa Cachaça de Jambu e alguns locais turísticos também.

a experiência como um todo foi de grande gratificação e agregação de valor, tanto pessoal como profissional, sem falar que abriram-se diversas oportunidades de trabalho e envolvimento em novas Startups e interagir com novas pessoas de diferentes regiões do brasil.”

Comentários