Home

—————————————————————————————-

Objetivo

Preparar o profissional da área de dados e informações para atuar de modo integrado e qualificado nos 5 principais macro-processos:

  • Engenharia de Dados;
  • Administração de Banco de Dados;
  • Arquitetura de Dados;
  • Gestão e Governança de Dados;
  • Ciência dos Dados.

Tendo em vista a importância do profissional qualificado na atuação nestes macro-processos, o curso tem entre seus objetivos gerais:

  • Propiciar uma visão ampla das atividades relacionadas, destacando suas responsabilidades freqüentes e estratégicas para empresas usuárias de tecnologias de bancos de dados;
  • Habilitar o profissional no domínio e utilização de Métodos, Procedimentos e Ferramentas;
  • Formar profissionais com competência para conceber, especificar, analisar, desenvolver, implementar, adaptar e manter sistemas de bancos de dados voltados às necessidades de organizações comerciais e indústrias em diversos ramos, cujas demandas por sistemas de bancos de dados são bastante expressiva;
  • Formar agentes de mudança, profissionais com uma visão crítica das atuais tecnologias e métodos relacionados com bancos de dados e em condições de apresentar e conduzir mudanças (melhorias) que proporcionarão bens e serviços com uma elevada qualidade;
  • Analisar dados em bancos de dados para avaliação de padrões, visando a predição de comportamentos em busca de oportunidades de melhoria de consumo, produção e trabalho.
  • Reconhecer problemas organizacionais relacionados com a segurança e qualidade dos dados, que impactam na produtividade organizacional e na dificuldade de maior participação no mercado competitivo.

Construção do Perfil

O especialista em sistemas de bancos de dados é um profissional com alta capacidade técnica para realização de atividades sobre bancos de dados e um agente de colaboração na elaboração de projetos sobre dados e informações, que através da agregação de tecnologias de informação, define soluções para problemas organizacionais e profissionais.

Entre os componentes deste perfil estão: Conhecimento abrangente das atividades inerentes a bancos de dados; Consciência da importância de um aprendizado permanente; Postura ética como cidadão e profissional, sustentada pela consciência de uma responsabilidade no contexto amplo e individual.

Habilidades e Competências

O especialista nesta área deve capacitar-se para solucionar problemas, gerar novas oportunidades e inovações, por meio dos 5 macro-processos. Amplamente, estas atividades envolvem habilidades em:

  • planejamento e desenvolvimento projetos de sistemas de bancos de dados;
  • pesquisa dos requisitos e os recursos necessários;
  • avaliar o desempenho do sistema, em processos de usuários ou grupos;
  • aplicação de técnicas e procedimentos de trabalho, instrumentos, ferramentas convencionais e informatizadas, de acordo com especificações;
  • atender usuários e colaboradores, dentro dos princípios de qualidade, produtividade, podendo, quando for o caso, prestar consultoria ou assessoria técnica;
  • conceber e coordenar a elaboração de projetos relacionados com bancos de dados, a partir de decisões em grupo de trabalho;
  • controlar e coordenar as ações sobre Bancos de Dados;
  • planejar e definir recursos que envolvam Bancos de Dados.

Para o exercício destas atividades, o aluno deve adquirir competências em:

  • acompanhar a evolução das tecnologias de informação de forma autônoma e independente;
  • prospectar novas tecnologias da informação e auxiliar sua incorporação às estratégias, planejamentos e práticas da organização;
  • empreender a busca de soluções para os desafios das organizações e de novas oportunidades de crescimento profissional;
  • identificar problemas de ordem organizacional, operacional ou sistêmica, relacionados com dados e informações e propor soluções eficazes ou adequar as já existentes à realidade vigente, sejam elas automatizadas ou manuais.